Avaliação de Contaminação no âmbito da aquisição de terrenos industriais

A ETP realizou, a pedido de um cliente, um estudo prévio para avaliar a existência de potencial contaminação num terreno. Este estudo de avaliação de contaminação foi solicitado no âmbito da aquisição de um lote para expansão das instalações de uma empresa industrial. 

O estudo de contaminação consistiu numa amostragem de solos a um metro de profundidade, segundo um plano de amostragem definido. Complementarmente, foram realizadas análises de largo espectro (TerrAtest – análise a mais de 200 contaminantes).

A equipa da ETP levou a cabo a amostragem através da cravação semi-mecânica de um amostrador de meia-cana até à profundidade pretendida. Este método é compatível com o state of the art e com os standards para este tipo de trabalhos e permite racionalizar custos. Os objetivos subjacentes à realização de um estudo prévio são, desta forma, cumpridos.

Os resultados laboratoriais permitem a comparação com os valores de referência do Guia Técnico “Solos Contaminados – Guia Técnico | Valores de Referência para o Solo” (APA, 2019) e desta forma concluir se haverá necessidade de aprofundar o estudo.

Em suma, este ou outro procedimento equivalente é altamente recomendado quando  as empresas decidem adquirir ou explorar terrenos, conforme informação da Agência Portuguesa do Ambiente. 

Para saber mais consulte o nosso artigo anterior sobre este tema.

2020 ETP – Todos os direitos reservados